segunda-feira, 15 de agosto de 2011

EXODO 17. 8-15

Esse texto relata que enquanto Moisés erguia o seu bastão, Israel vencia, porém no momento em que abaixava os inimigos venciam; e como a batalha se estendeu por muitos dias Moisés não aguentou manter o bastão estendido e Arão e Hur se dispuseram a manter seus braços levantados, enquanto Josué conduzia o exercito de Israel à vitória. Moisés aprendeu que não dependia só de Deus, mas também de Arão e Hur.

O Senhor deseja nos ensinar que para vencermos as batalhas que surgem em nossas vidas, precisamos uns dos outros e que é necessário que seus filhos se identifiquem como uma família na qualidade de irmãos e irmãs. Deus quer mostrar que nós necessitamos do envolvimento e das orações uns dos outros. Deus quer que aprendamos que se chegamos de braços erguidos ao final do dia, é porque pessoas com suas orações estão erguendo os nossos braços.

Arão e Hur ajudaram Moisés a erguer os braços; e Josué lutou como general do exército. Todos foram indispensáveis à vitória. Do mesmo modo deve ser conosco. A batalha é do Senhor, entretanto Ele prefere vencer por meio de nossa cooperação.


 Pelo que Moisés edificou um altar, ao qual chamou Jeová-Níssi. (Ex 17.15)

2 comentários:

  1. DEUS É O SENHOR DOS EXERCITOS,ESTA AFRENTE DA SUA BATALHA,MAS SUA VITÓRIA VIRÁ ATRAVES DA SUA FÉ.SEM FÉ É IMPOSSIVÉL AGRADAR A DEUS.

    ResponderExcluir
  2. Aleluia, para vencermos batalhas hoje precisamos estar unidos


    ResponderExcluir